29 junho 2013

Gostoooosooo pra chuchu, chuachua wowow...

Quem nunca se pegou cantando a musiquinha da propaganda do shampoo infantil Johnson's baby? Aaaaaah gente confessa. Eu amava, passava o dia cantando com meus sobrinhos. O fato aqui, é que este shampoo tem muito mais utilidades do que lavar os cabelos da criançada.



Há alguns anos uso o shampoo Johnson como recomendação médica do meu oftalmologista. Tive uma crise alérgica nos olhos, causadas pela oleosidade da pele e acabava criando pequenas caspas e causando um grande incômodo. Daí o médico me receitouu além de colírios, lavar os os cílios (isso mesmo, os cílios também merecem cuidados) com o shampoo Johnson, que não arde nos olhos, e desde então não largo mais.
Também é ótimo para ajudar a tirar aquela maquiagem dos olhos que, insistem em te deixar com cara de panda.
Outra função dele que eu gosto bastante, é lavar pincéis. O processo, é basicamente, passar o shampoo e precionar as cerdas na mão, em diferentes direções. Depois fazer o mesmo em água corrente.



Iai meninas gostaram das dicas?

28 junho 2013

Gente Como A Gente

Sempre achamos elas impecáveis, mas sem make, muitas, são gente como a gente.
Olha só algumas famosas sem maquiagem.

Jeninfer Love Hewitt ficou com uma aparência mais velha sem a produção. 
Eva Mendes fazendo compras ficou bem diferente, mas fofa.
Nicki Minaj fica irreconhecível sem a make.
Lea Michelle é uma das atrizes que fazem os melhores makes e sabe acentuar suas qualidades com a maquiagem.
Uma das atrizes mais bem vestidas Kate Bosworth foi flagrada em um momento mais particular.
A Amy Adams é muito corajosa, topou fazer uma campanha de cara limpa.
Prepara, que a Anitta sem make é gente como a gente.
A Cara Delevingne fica com um rostinho de menina sem a produção.
Carol Francishini fica bem diferente sem make.
Cindy Crawford é você?

Campanha Prada

Saiu a campanha de Inverno 2014 da Prada. Com casacos pesados e cabelos molhados, o visual sombrio é prevalecente nas fotos, com todo ar nova yorquino.




O desfile em Milão, já era uma prévia do conceito da coleção: uma mulher misteriosa e sexy. As roupas vêm com cintura marcada, alças caídas, botões abertos e saltos altos. Listras, quadriculados e tons escuros, também foram observados.












26 junho 2013

Azulejos

Vamos falar um pouquinho de decoração. A coluna Decor de hoje mostra para vocês um pouquinho da função dos azulejos na parede.
Ficaram famosos na década de 60, muitas vezes cobrindo toda a parede e as vezes todo um ambiente. Para os dias atuais, vemos muitas referências dos azulejos sendo usados apenas como destaque, substituindo um quadro ou em um detalhe da decoração, por exemplo.
Lembre-se de que o azulejo deve ser da cor do rejunte e aproximada da cerâmica.









Se você não faz questão de ter um acabamento mais detalhado, pode optar por adesivos em toda a parede ou recortados em cima dos azulejos.

Quando o amor chegar

Já passaram algumas semanas, desde o dia dos namorados, e para muitas os presentes perderam o encanto. Mas palavra e declarações ficam, porém você já reparou como é difícil para os homens se declarar, mesmo em datas especiais?
Li um texto outro dia que dizia: “O amor odeia clichês”. Como falar de amor se não após sessões clichês de jantar a luz de velas, num cartão de flores do dia dos namorados ou após uma noite de amor? a gente sonha com isso na vida real, mas nos filmes parece tão distante.
Há pessoas que vulgarizam o verbo amar por ai. Algumas porque são oportunistas e dizem quando lhe convém, com o objetivo de amolecer o coração de um outro alguém, outras que dizem por serem inocentes, por acharem que realmente amam tudo e a todos e na verdade não sabem nem do que se trata. Geralmente, as primeiras controlam os seus sentimentos e as últimas se apaixonam fácil, o que elas têm em comum? Primeiro, é que sempre confundem paixão com amor. Afinal, quem não se confunde, você só tem certeza que não era amor quando a paixão acaba, enquanto ela não esvai-se e não é superada haverá ilusão. O segundo ponto, é que ambos tipos de pessoas nunca surpreendem ninguém.
Não adianta planejar quando dizer ou ouvir “eu te amo”, quem idealiza sofre! Você vai ouvir um “eu te amo sincero” às 5 da manhã depois de uma briga com o seu namorado; vai ouvir às 6 horas da tarde depois relembrar os bons momentos ao lado da sua melhor amiga; irá ouvir às 10 horas da noite após escutar as recomendações do seu pai para ir à balada... Sim, você se sentirá surpreendida e amada de verdade nesses momentos.
Então, o momento ideal para dizer as palavrinhas mágicas do coração falar de sentimentos, não será o que você imaginou, será quando você se sentir imprevisivelmente cheio de amor.

24 junho 2013

O Grande Gatsby

O Grande Gatsby é um romance americano escrito no século 20, passado em Nova York, onde retrata a High Socity da cidade na época. Apesar de ter sido escrito durante a primeira guerra mundial, só fez sucesso durante a segunda, em meados dos anos 40. Desde então virou literatura obrigatória nas escolas, sendo uma obra estudada em todo mundo.
Hoje, sua releitura para os cinemas, com Leonardo DiCaprio, já é um grande sucesso. Além dos fatores históricos, é um romance envolvente e cheio de traições. Além disso, nos inspira ao melhor da moda na Era do Jazz, já que o filme se passa na alta sociedade em meio a grandes e glamourosas festas.
E os fashionistas já amam os anos 20 por ser uma era de revolução no guarda-roupa e do surgimento de grandes estilistas como: Coco Chanel, Jeanne Lanvin, Madeleine Vionnet etc...
Provavelmente você irá perceber entre as it girls algumas tendências do início do século, e aqui no Cheia de Papo, vamos ajudar a usá-las no dia-a-dia, sabendo dosar, para que não vire uma fantasia.

Cintura Baixa


A silhueta “a La garçonne” surgiu nas quadras de tênis e virou uma verdadeira febre, considerando as mulheres que a usavam as mais refinadas da época. Fica melhor nas mulheres de quadril pouco largo.

Headband

Carey Muligan em “O Grande Gastby”, Katy Perry, Kirsten Dunst.
Na época eram usadas como jóias e quanto mais ornamentadas, mais especiais para a noite. Ajudam a compor um look minimalista, use com franja solta. Fica um charme nos cabelos curtos ou longos presos.

Lenços


Remetem a década, principalmente os de estampa cubista. Para as de cabelo curto, é indicado a amarração em cima do cabelo.

Chanel

Katie Holmes, Vanessa Giácomo e Atriz que lançou o corte na década de 20 Louise Brooks.

O corte com franja, era um clássico dos anos 20. E nos dias atuais, já ganhou variações muito aderidas as famosas.

Pérolas

Tiffany & Co.
Seja em colares ou em braceletes, tornavam tudo mais chique.

Batom escuro


Na época uma boca escura, bem contornada com lápis, fazia a diferença entre as mulheres elegantes e hoje continua sendo chique.

Iai, quem vai aderir as dicas vintage?

22 junho 2013

Drinks Chics

Vai fazer aquela festinha em casa para os amigos? Saiba como preparar os drinks mais refinados e deliciosos.

Gim com Tônica e Pepino

Receita:

- Dose de Gim Handrick’s
- Pepino em rodelas
- Cubos de Gelo
- Água tônica a gosto

Caipirósca de Cajú

Receita:

- Dose de vodca
- Cajú em fatias
- Cravo-da-Índia
- Cubos de Gelo
- Açucar

Amasse o cravo- da-Índia junto com o cajú.

Iai meninas o que acharam dos novos drinks? Quem experimentar me conta como foi a experiência.

21 junho 2013

Na Beleza E Na Dor

Não era um sábado tão comum para Paula. Ela acordou às 8 horas e já foi logo escolhendo uma roupa impecável e os seus saltos preferidos, para não sofrer tanto com o dia que tinha pela frente. Paula não acostumava acordar tão cedo aos sábados, mas era o preço para poder cuidar da sua beleza, pelo menos uma vez por mês.
Passou no shopping escolheu algumas roupas, resistiu à insistência das vendedoras e parcelou no cartão, essa era melhor parte. Às 11 horas chegou à porta do salão e respirou fundo antes de entrar. Há primeira vista parece tudo muito bom: mulheres saindo de lá lindas, pessoas conversando sobre a vida alheia... Sentou-se esperou uns dez minutos vendo fotos de famosos na Ilha de Caras, até ser chamada para a primeira fase do dia.
Chegou na sala, tirou a roupa e se acomodou na maca. Era impossível não ficar tensa vendo aquela sala, a moça chegou conversando pouco e já perguntando:
- Iai que vamos fazer hoje?
- Perna, cantinho e axila.
Tudo sempre parece melhor do que é. Paula via o prazer nos olhos da mulher, antes de começar. Ao iniciar o papo vai fluindo enquanto a moça passa o rolinho quentinho na sua perna, chega até ser agradável, mas ai ela gruda o papel e o tique de Paula começa, olho esquerdo treme. Ai ela puxa... “Aaaaaaah, fdp! Qual é o seu problema, tá querendo arrancar o meu couro?”, tudo pensamento, na verdade o único som que ela emitiu foi um gemido enquanto prendia a respiração e continuou a conversa sobre a novela das 8. Acabou a perna, hora das regiões mais sensíveis e dessa vez Paula tem certeza, que o nome do modelo é bigodinho de Hitler, porque era um tipo de tortura usada nos campos nazistas. Quando chega nas axilas, a dormência já tomou conta da pele de todo o corpo.
Despregando a calcinha dos resíduos de cera que ficou na pele, Paula vai para o próximo passo. É encaminhada ao lavatório, sente um pouco de dor no pescoço enquanto a ajudante lava seu cabelo e tenta vender uma marca milagrosa de shampoo. Já na cadeira do cabeleireiro explica como quer o seu corte e suas mexas e ai já chega à manicure para fazer as unhas também. É raro ter uma manicure calada e que não tire um bife, essa apesar de falar da vida de todos do salão, e Paula saber que também falava da dela, era a única que tirava seus cantos de unha, mas naquele dia ela sentiu que o cantinho do dedão ia ficar dolorido. Quando tudo acabou Paula percebeu que já era mais de 1 hora da tarde, e pensou em dar um tempo para o almoço, mas desistiu quando viu que seu cabelo estava uma juba cheia de papel laminado.
Após alguns minutos de fofoca e do estomago gritando, chegou a hora de tirar a tinta. Depois de meia hora no lavatório para tirar a tinta e desembaraçar a juba que o cabeleireiro tinha deixado, Paula pensou seriamente que o cabeleireiro tinha alguma coisa contra ela. Prosseguiu para escova e avaliação do resultado e viu que ele exagerou um pouquinho e cortou mais do que ela queria, mas ainda sim, estava se sentindo bonita.
Na hora de ir agradeceu e parcelou, novamente, no cartão. E...
- Drogaaaaa...
A unha pipocou. Paula xinga o vento que passa, mas corre porque já são 4 horas e seu estomago parece vibrar.
18 horas e Paula chega em casa, tentando esquecer das parcelas que pagaria no mês que vem.
 Apesar de exausta, toma um banho mais demorado para tirar o grude da cera e se arruma para ficar linda e sair com o namorado. Sai mancando um pouco ate o carro, devido a sua unha machucada pela manicure carniceira.
- Oi amor,
- Oi, essa saia não ta muito curta não.
- A saia não, mas meu cabelo sim!
- Ah! Ta bom, olha só, não vamos demorar muito hoje, porque eu to cansado não tenho essa vida fácil de salão que você tem sabe.

- Ok! Fala Paula com um ódio mortal e com um ardor na virilha, porém no fundo aliviada.

20 junho 2013

Botas de Cowboy

As botas Western são uma boa pedida fashion para o inverno. Aqui no Brasil, são ideais para usar com shortinhos, vestidos e saias, deixando o look mais leve e fresco.



Apesar de serem características do estilo Folk, você pode fugir deste estereótipo.

Shorts

Vestidos

Saias



18 junho 2013

Monteiro Lopes

A pedidos vou passar para vocês a minha especialidade. Os biscoitinhos Monteiro Lopes são super fáceis de fazer e rende demais.

Ingredientes para a massa:
  • 500g de farinha com fermento (ou 5 xícaras);
  • 250g de manteiga (da mais ou menos um pote e 1/3).

Ingredientes para calda:
  • Goiabada;
  • Leite;
  • Açúcar cristal;
  • Canela
Para começar misture a farinha e a manteiga, até a massa ficar uniforme e sem pregar ou se soltar. Você pode ir acrescentando farinha ou manteiga à medida que achar necessário para que a massa fique no ponto ideal. Deixe-a descansar por 20 minutos, eu gosto de por dentro do microondas desligado.



Depois unte uma forma e vá fazendo bolinhas achatadas, cuidado para não fazê-las muito grandes, pois o fermento fará o biscoito crescer. Leve ao forno baixo por  40 minutos, ou até está completamente sólido, para isso você pode ir enfiando o garfo.



Enquanto o os biscoitos assam, você pode ir adiantando a calda. Bote em uma panela dois dedos de água, duas fatias grossas da goiabada (se preferir pode reduzir os tamanhos das fatias em pedaços menores) e duas colheres de leite (de sopa). Em fogo médio, mexa até dissolver. Bote em uma assadeira o açúcar cristal. Pincele a calda em cima dos biscoitos e jogue o açúcar e a canela (se não tiver pincel, pode mergulhá-los na calda).




Viu como é simples? Se quiser fazer os mesmos biscoitos salgados, é só ao invés de fazer a calda, acrescentar queijo ralado a massa.


Postagens mais recentes Postagens mais antigas Página inicial